Redefinir a Senha do Windows 7 pelo CD do Linux

Esquecer a senha de usuário no Windows não é lá uma coisa muito comum de acontecer, mas pode acontecer de alguém trocar sua senha e por algum motivo não conseguir lembrar dela novamente e quando isso acontece na maioria dos casos busca-se uma solução imediata, mas não é tão simples assim.

No Windows 7 quando o usuário tenta logar e erra a senha, em seguida na tela de logon aparece o link “Redefinir Senha” abaixo do campo de senha, porém para fazer uso deste recurso usuário precisará de um disco ou pendrive de recuperação de senha com as informações devidamente já predefinidas informações essas que não vêm ao caso aqui.

Sendo assim a forma mais fácil de redefinir a senha do Windows 7 é utilizando um live CD com alguma distribuição GNU/Linux. Tais como, Ubuntu, LinuxMint, Fedora e etc.

Fazendo uso do live CD Com Linux neste tutorial não é feita uma recuperação da senha e sim redefinir ou resetar para isso é só seguir os passos adiante.

Siga os passos a seguir:

1. Iniciar o computador pelo CD do Linux, escolha a opção live CD, que no Ubuntu é “Testar Ubuntu sem instalar no disco”;

2. Após iniciado acesse o HD aonde está instalado o Windows;

3. No Linux vai seguir as seguintes pastas: Windows >> System32

4. Procure pelo arquivo “sethc.exe”;

5. Renomeie o “sethc.exe” para um nome qualquer por exemplo “srtchi.exe”;

6. Na mesma pasta do arquivo original faça a cópia do arquivo “cmd.exe”, essa cópia deve ser renomeada para “sethc.exe”

7. Desligue o computador normalmente, retire o CD e inicialize no Windows;

8. Quando chegar na tela de login pressione 5 (cinco) vezes a tecla “SHIFT” esquerda.

9. Depois disso uma tela de comando será aberta, nela digite “control userpasswords2” dá enter e pronto, é só escolher o usuário definir uma nova senha e ser feliz.

8 comentários sobre “Redefinir a Senha do Windows 7 pelo CD do Linux

  1. Puxa vida que ideia criativa.

    Permita-me esclarecer. Cinco vezes a tecla Shift esquerda é o atalho para as teclas de aderência.

    Renomeado o comando para acessar as teclas de aderência, fica “aberta uma porta” para a linha de comando. Por mim nada contra. Poderá ser que alguns usuários sintam necessidade de desfazer este atalho para a linha de comando e deixar a via aberta para as teclas de aderência novamente.

    É somente fazer os passos ao contrário. kkkkkk

    Esta dica funcionou perfeitamente e parabenizo o site de forma entusiástica.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s